sábado, 17 de maio de 2014

Eis o grupo mais isolado (e hostil) da Terra

O povo da Ilha Sentinela do Norte, na baía de Bengala, é o grupo mais isolado do mundo. A pequena ilha existe a cerca de 60.000 anos, e até agora resistiu a todas as tentativas de se comunicar com o mundo exterior - muitas vezes violentamente.


 Essas tentativas de contato já em grande parte terminaram, a fim de proteger a tribo de doenças. 

Muito pouco se sabe sobre eles. Assim como outros grupos Andamanese, eles são entendidos como caçadores-coletores, mas a sua língua e cultura são desconhecidas, assim como o número de indivíduos que vivem na ilha.


Em 2006, os habitantes da ilha foram os responsáveis ​​pela morte de dois pescadores que estavam ilegalmente caçando na área. Os esforços para recuperar os corpos foram frustrados quando uma chuva de flechas foi disparado contra um helicóptero, forçando o piloto a abandonar a sua aterrissagem. 


Os sentinelenses são tão hostis que a ilha foi considerada o local mais perigoso do mundo para se visitar. Eles são descendentes diretos dos primeiros seres humanos que surgiram no continente africano