quarta-feira, 3 de julho de 2013

Veja dicas de jogos e aplicativos para as férias das crianças

Games podem ser jogados em smartphones, tablets e navegadores. Opções de jogos, vídeos e conteúdos infantis gratuitos e pagos.

Divertir e ocupar os filhos nas férias de inverno pode ser um desafio para muitos pais. Já quem possui um tablet ou smartphone pode ter uma "horinha" de folga e entreter as crianças com games e aplicativos móveis infantis.
Vídeos pela internet também ajudam a distratir as crianças e permitem que elas mesmas criem sua programação.
G1 criou uma lista com alguns jogos, sites e aplicativos para as crianças se divertirem nas férias:
'Sonic Dash' é game do ouriço azul para iOS (Foto: Divulgação/Sega)'Sonic Dash' é game do ouriço azul para iOS
(Foto: Divulgação/Sega)
'Sonic Dash'
No game, o mascote da Sega corre sem parar e o jogador tem apenas que fazer o herói saltar sobre obstáculos, atacar inimigos e colegar argolas fazendo movimentos com os dedos na tela. Não há final e ganha quem conseguir alcançar a maior distância. Ao coletar um determinado número de argolas, o jogador pode usar um poder que torna Sonic invencível por alguns instantes.

Em determinados pontos da corrida o jogador pode até mudar o caminho e seguir por outros cenários. Quem quiser pode adquirir poderes e personagens extras usando moedas recebidas no game ou dinheiro real.

Plataforma: iOS.
Preço: Gratuito.

'Minecraft' de bolso (Foto: Divulgação/Mojang)'Minecraft' de bolso (Foto: Divulgação/Mojang)
'Minecraft - Pocket Edition'
Esta versão para smartphones e tablets do game de sucesso permite - assim como na versão para PC e para Xbox 360 - construir praticamente o que o jogador quiser no mundo baseado em blocos. A versão "de bolso" inclui mundos gerados aleatoriamente, modo de partida com amigos em uma rede Wi-Fi local e os modos Survival e Creative.

Os comandos usam a tela sensível ao toque, mas a vantagem é poder levar o game para qualquer lugar.
Plataformas: iOS e Google Play.
Preço: US$ 7 (iOS) e R$ 12,45 (Google Play).

Cena de 'LEGO Batman' para iOS (Foto: Divulgação/Warner Bros.)Cena de 'LEGO Batman' para iOS (Foto: Divulgação
/Warner Bros.)
'LEGO Batman: DC Super Heroes'
Versão para tablets do game de sucesso nos videogames e no PC traz os heróis Batman, Robin e Superman feitos de peças de Lego tendo que enfrentar inimigos como Lex Luthor e Coringa.

O jogo permite mudar de roupas, o que traz habilidades diferentes, dar socos e chutes nos adversários. O destaque fica por conta da história, muito engraçada, que traz uma rivalidade de Batman com o Homem de Aço.
Plataformas: iOS.
Preço: US$ 1.

'PlayKids TV' traz vídeos e brincadeiras (Foto: Divulgação/Playkids TV')'PlayKids TV' traz vídeos e brincadeiras
(Foto: Divulgação/Playkids TV')
'PlayKids TV'
O aplicativo reúne desenhos como "Galinha Pintadinha", "Peixonauta", "Meu Amigazão", "Palavra Cantada" entre outros. Um trenzinho animado apresenta as opções de desenhos, representados por vagões - o que facilita a navegação pelas crianças - e há um especial para brincadeiras.

Neles é possível tocar piano, conhecer  e brincar de memória, além de aprender a desenhar o mascote do aplicativo, o cachorrinho Lupi. O aplicativo é gratuito e oferece um vídeo de cada desenho presente. Uma mensalidade de US$ 10 traz todo o conteúdo aberto.

Plataformas: iOS e Android.
Preço: gratuito, mas há assinatura mensal para abrir conteúdo.

Damas é um dos games no aplicativo (Foto: Divulgação/Megajogos)Damas é um dos games no aplicativo
(Foto: Divulgação/Megajogos)
'Megajogos'
O site traz diversos jogos "tradicionais" como "Batalha Naval", "Dominó", "General", entre muitos outros, mas em versões digitais em que é possível jogar com outras pessoas. Há salas específicas para treinar e para competir, além da possibilidade de se jogar sozinho ou ao lado de um amigo.

Há versões gratuitas para smartphones e tablets com sistemas iOS e Android que trazem nove jogos: "Risque & Arrisque", "Damas", "Xadrez", "Dominó", "Truco Mineiro", "Truco", "Buraco" e "Tranca". Todos podem ser jogados on-line e as primeiras 10 horas são grátis. Depois é necessário comprar passaportes que custam entre R$ 15 e R$ 90.

Plataformas: webiOS e Android.
Preço: "app" gratuito, mas cobra a utilização.

'Candy Crush' é um game viciante' (Foto: Divulgação/King)'Candy Crush' é um game viciante' (Foto: Divulgação
/King)
'Candy Crush Saga'
Febre entre os games para celular, este jogo casual exige inteligência e ajuda dos amigos. O game tem como objetivo unir três doces ou mais do mesmo tipo para que eles sumam, tendo que alcançar um determinado número de pontos, acabar com a gelatina na tela - o que acontece ao eliminar doces próximos dela - ou fazer frutas e nozes caírem pela tela.

O jogo é gratuito e, com a ajuda de amigos do Facebook que também jogam o game, é possível conseguir uma ajuda extra. Outra opção é usar dinheiro real para comprar itens adicionais.
Plataformas: web, iOS e Android.
Preço: grátis, mas itens adicionais e opcionais são cobrados.

'Where is my Mickey?' traz desafios usando líquidos (Foto: Divulgação/Disney)'Where is my Mickey?' traz desafios usando líquidos
(Foto: Divulgação/Disney)
'Where is my Mickey?'
No game, que é uma versão do tradicional "Where is my water?", é preciso resolver pequenos quebra-cabeças para fazer a água percorrer os caminhos certos para chegar até o balde do Mickey.

É necessário usar os dedos para criar caminhos na areia e também para fazer a água cair das nuvens, chegando até a tubulação. Muitas peças mecânicas só se movem quando a água passa por elas, permitindo abrir caminhos. De acordo com a Disney, crianças a partir de 9 anos podem jogar o título.

O desafio aumenta conforme se avança nas fases.
Plataformas: iOS e Android.
Preço: US$ 2 (iPhone e iPad); R$ 4,38 (Android).

Poderes especiais ajudam o jogador a conseguir mais pontos em 'Tetris Blitz' (Foto: Divulgação/Electronic Arts)Poderes especiais ajudam o jogador a conseguir
mais pontos em 'Tetris Blitz'
(Foto: Divulgação/Electronic Arts)
'Tetris Blitz'
O jogo é uma versão acelerada do clássico game de quebra-cabeças. O foco é conseguir o máximo de pontos dentro do tempo estabelecido - e compartilhar tudo com os seus amigos no Facebook. Dentro de dois minutos, o jogador deve fazer o maior número de pontos colocando as pelas no lugar correto. Elas aparecem em locais onde é possível encaixá-las e há peças especiais que ajudam a conseguir mais pontos.

O game é gratuito, mas há itens extras que podem ser comprados com dinheiro real.
PlataformasiOS e Android.
Preço: gratuito, mas há venda de itens extras.

Palhacinhos ganham aplicativo (Foto: Divulgação/Patati Patata)Palhacinhos ganham aplicativo (Foto: Divulgação
/Patati Patatá)
'Patati Patatá'
Os palhaços ganharam um aplicativo para dispositivos com sistema iOS que traz vídeos com as músicas que fazem sucesso entre as crianças. Há também um local de fotos em que é possível usar imagens das crianças e colocar no lugar dos rostos dos personagens. Embora traga dois vídeos e uma foto, cada conteúdo adicional é vendido por US$ 1.
Plataforma: iOS.
Preço: gratuito, mas cobra por itens extras.

Netflix tem seção para crianças (Foto: DReprodução/Netflix)Netflix tem seção para crianças (Foto: Reprodução
/Netflix)
'Netflix'
O serviço de vídeos por meio de streaming oferece uma seção dedicada ao público infantil ("Só para crianças") e pode ser visualizado no computador, por meio de navegadores da web, na televisão, por meio de videogames, tocadores de Blu-ray ou TVs inteligentes, tablets e smartphones. Além de a seção apresentar conteúdo direcionado apenas para crianças, os pequenos podem selecionar o que querem assistir tocando nas imagens de seus personagens em vez de no pôster da produção, como ocorre tradicionalmente.

Há sucessos entre as crianças como "Barney e seus amigos", "Mister Maker", "Dora, a Aventureira", "Galinha Pintadinha", "Thomas e seus Amigos", "Sonic", "Toy Story" entre outros. O serviço oferece a reprodução praticamente contínua dos conteúdos, ou seja, quando acaba um episódio, em cerca de 10 segundos, o próximo começa ser exibido.
Plataformas: iOSAndroidWindows Phoneweb.
Preço: aplicativos gratuitos, mas serviço tem mensalidade de R$ 17.

'Candry Maker' permite fazer doces no tablet (Foto: Divulgação/TabTale)'Candy Maker' permite fazer doces no tablet
(Foto: Divulgação/TabTale)
'Candy Maker'
O aplicativo gratuito é um dos mais populares da App Store do iTunes e tem como objetivo criar doces como pirulitos e balas de goma. O doce é "feito", desde o começo, na panela, tendo que escolher misturas, cozinhar, colocar nos moldes, esfriar e decorar - esta é a parte favorita das crianças.

O pirulito, por exemplo - disponível na versão gratuita - pode ganhar camadas de sabor além do principal e enfeites como cabelos de chocolate, olhos, boca e o que mais a criatividade pedir. Para ter mais opções de doces, é necessário pagar.
Plataformas: iOS e Android.
Preço: gratuito, mas cada doce adicional custa US$ 2.

Livro digital conta história de Frankenstein para crianças (Foto: Divulgação/YellowBlue Digital Content)Livro digital conta história de Frankenstein para
crianças (Foto: Divulgação/YellowBlue
Digital Content)
'Frankie for Kids'
O livro digital interativo traz, em português, uma versão para crianças da história "Frankenstein", de Mary Shelley. O livro permite que a criança interaja com objetos, acenda luzes e ouça sons enquanto lê a historinha. De acordo Samira Almeida, que adaptou a história, os temas do livro falam de ambição, bullying, autocontrole e abandono.
Plataformas: iOSAndroid e BlackBerry.
Preço: US$ 3 (iOS); R$ 4,10 (Android) e R$ 4 (BlackBerry).